Palavras-chave

  • Arquitetura e Urbanismo
  • Design
  • História
  • Sustentabilidade
  • Tecnologias da Arquitetura
 

Grupos

+351 213 611 538
09H00 - 18H00 (segunda a sexta)

Estratégia e Objetivos

O CITAD pretende através do Projecto Estratégico para o período 2019-2020, consolidar a crescente produção científica e concretizar a sua visão estratégica de um Centro Interdisciplinar de Excelência.

CITAD definiu os seus objetivos e escolheu a sua estratégia para esta aplicação.

Este Centro propõe uma estratégia para esta candidatura, que é Arquitetura para o Desenvolvimento e elegeu quatro temas: Regeneração Urbana, Construção Sustentável / Eficiência Energética, Habitação e Patrimônio e Design.

Os objetivos deste Centro de Investigação são: desenvolver áreas de investigação que se integrem nas áreas científicas fundamentais do Território, Arquitetura e Design, trabalhando com diversos investigadores de várias origens e com vária entidades, universidades, autarquias, industrias e empresas, pretendendo que os resultados alcançados sejam disseminados pela comunidade cientifíca e em benefício da sociedade.

Vivemos numa época em que a arquitetura e as nossas cidades constituem desafios cada vez mais importantes, num mundo onde a sustentabilidade introduz mudanças de paradigmas nas questões fundamentais da investigação. O crescimento econômico com base no consumo de combustíveis fósseis, que produzem gases de efeito estufa, aquecimento global e mudanças climáticas tem conduzido ao desequilíbrio entre os aspectos econômicos ambientais e sociais, a proteção do meio ambiente e a qualidade de vida das pessoas. Essa situação, conduziu a um desiquilíbrio entre as vertentes económica, protecção do ambiente e qualidade de vida das pessoas.

Estes factos que geram mudanças na nossa sociedade e na própria formação de arquitetos e outros atores, colocam à investigação desafios que até agora não se consideravam primordiais, face ao consumo, sem critério de recursos naturais, à produção excessiva de resíduos, e o ao aumento demográfico crescente no planeta. Esta situação agrava-se com a tendência da concentração da população nas grandes cidades, saturadas e poluentes e à necessidade da reabilitação do património construído no sentido da sua utilização pelas gerações futuras.

Hoje, é preciso garantir que a arquitetura contribua para a construção de uma cidade inclusiva, na qual as suas soluções resultem da implementação de um modelo de projeto avançado.

O crescimento demográfico, projetado para certas partes do planeta e a necessidade da urgente resolução das necessidades de habitação destas regiões, tornam de novo atual, o uso de materiais e tecnologia de pré-fabricação, com processos modernos e utilização de materiais locais mais sustentáveis.

No mesmo contexto, o nosso projeto estratégico garante que os seu modelo de investigação, integram os temas de Construção Sustentável/Eficiência Energética; Património; Reabilitação Urbana e fatores inovadores de integração na investigação nas áreas disciplinares do Design.

A necessidade de articular a gestão dos recursos naturais em face do desenvolvimento das atividades humanas, com vistas à sustentabilidade das sociedades, conduz ao desenvolvimento de novos temas de pesquisa nos quais o Meio Ambiente e o Homem são pontos de referência de observação e para os quais esta candidatura pode ser uma oportunidade para o desenvolvimento.

Nesse contexto, as Universidades e os seus Centros de Investigação, para além de poderem desempenhar um papel relevante ao nível do conhecimento e da formação, podem também ter uma importância muito significativa para o desenvolvimento futuro, contribuindo com soluções inovadoras, criativas e tecnológicas de acordo com os objectivos estabelecidos na recente conferência em Paris COP 21, no âmbito da redução do aquecimento global, encontrando soluções, numa sociedade em mudança, para uma intervenção eficiente nas áreas das cidades, novos edifícios e na reabilitação do património construído.

O plano de atividades do CITAD será desenvolvido no âmbito de sua estrutura temática - 4 Grupos de Investigação (GI), das suas Linhas de Investigação (LI) e da sua Estratégia, Arquitetura para o Desenvolvimento, que incluem os seguintes temas:

  • Regeneração urbana;
  • Construção sustentável;
  • Habitação e património;
  • Design.

Os objetivos são os seguintes:

  • Aumentar a internacionalização, nomeadamente através da integração de investigadores estrangeiros de universidades internacionais e nacionais em projetos e publicações em revistas científicas de referência;
  • Promover a iniciação científica de jovens estudantes de mestrado e doutoramento;
  • Incentivar a inter-disciplinaridade entre os diferentes Grupos de Investigação e fortalecer os Projetos de Investigação Fundamental e Aplicada, como suporte a ações de inovação e em parcerias com outros Centros de Investigação de Universidades nacionais e estrangeiras. Esta estratégia promoverá o conhecimento científico e tecnológico e sua transferência para a sociedade;
  • Desenvolver projetos em parceria financiados por entidades externas à FCT;
  • Reforçar a área de inovação e estratégica antecipando problemas futuros da nossa sociedade;
  • Aumentar a disseminação dos resultados da atividade científica no sentido de que eles possam ser úteis para a sociedade.

As atividades científicas já realizadas pelos investigadores deste centro de pesquisa incluem: projetos de investigação, atividades científicas desenvolvidas em laboratórios, publicações em livros, publicações em jornais portugueses e estrangeiras, performances e exposições, e orientação de dissertações de mestrado e teses de doutoramento.